,

Uma outra medida para o sucesso

Você se considera uma pessoa de sucesso? Mas o que é ter sucesso?

De acordo com o dicionário Houaiss da língua portuguesa, sucesso é, entre outras coisas, “pessoa ou coisa vitoriosa, de grande popularidade; conseguir bom resultado, ter êxito, ser vitorioso”.

Para muitos, ser vitorioso, ter sucesso, é ser diretor de uma grande empresa que figure na lista da revista Forbes, ter um carro importado, de preferência com motorista, viajar para destinos exclusivos ou ter um jatinho particular. Ou seja, sucesso é ter dinheiro e poder.

O que anda deixando muita gente preocupada é o processo que nos leva até lá. Será que ele também pode ser considerado sucesso?

Muitos homens e mulheres estão descobrindo que para estar entre aqueles que a sociedade reconhece como bem sucedidos é preciso pagar um preço muito alto. E isto não está mais funcionando.

Tenho certeza que muitos de vocês aqui já ouviram casos de empreendedores (as) ou executivos (as) que não tem tempo para o convívio em família, que viajam para lugares belíssimos, mas nunca saem do hotel para conhecer o local e seus habitantes, que têm ataque cardíaco fulminante ainda jovens, ou que tomam um remédio para dormir e outro para acordar por causa do estresse e da falta de sono.

Foi pensando nisso que a presidente do canal de notícias on-line “Huffington Post“, Arianna Huffington, e a jornalista Mika Brzezinski propuseram uma redefinição do sentido de sucesso. Elas criaram um conceito novo chamado Third Metric, que no Brasil é conhecido como Outra Medida.

Arianna e Mika

A ideia é que nossas vidas não sejam guiadas pela busca de dinheiro e poder somente, mas também pelas coisas que nos tornam pessoas melhores, como o bem-estar, a sabedoria, a compaixão, e a nossa capacidade de se surpreender com as coisas e as pessoas ao nosso redor.  De acordo com o Third Metric, sucesso deveria ser medido pelo tipo de pessoa que você é, e não pelo que você tem ou pela posição que ocupa.

Third Metric

É preciso cuidar da alma, da mente e do corpo para que encontremos satisfação no que fazemos. Aprender a desligar e desconectar é de extrema importância. Fazer meditação e yoga, seguir uma dieta balenceada e dar um cochilo – isso mesmo, um cochilo! – são algumas medidas que podemos tomar para alcançar o objetivo.

Nos Estados Unidos, o Third Metric tornou-se um movimento itinerante com palestrantes famosos que incluem a jornalista Katie Couric, a atriz Juliane Moore, o CEO do LinkedIn, Jeff Weiner, entre outros. Aqui no Brasil, esta ideia está começando a ser disseminada. Mas de uma forma ou de outra, já tem muita gente se cuidando.

E você, já repensou a sua medida de sucesso?

Compartilhe

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com