Telefonemas indesejados – quem se responsabiliza?

Há dois dias venho recebendo ligações no meu celular do número (021) 96010-51XX (o XX refere-se aos dois últimos algarismos que variam a cada ligação). Quando atendo o telefone ninguém fala nada e alguns segundos depois a ligação termina, enquanto eu fico lá “alô, alô, alô!”

telemarketing3

Quando tentei retornar depois da terceira chamada, queria dar uma bronca em quem estava brincando com o meu tempo, descobri que a ligação não completava. Olhei para o meu telefone e vi “Call failed” na tela. Daí pra frente todas as tentativas de retornar as ligações foram fracassadas!

Foi aí então que resolvi bloquear os números. Só que, como os dois últimos dígitos variam, é possível que eu siga esta rotina de bloqueio 99 vezes!! A primeira foi ontem; a décima primeira foi hoje, às 10 da manhã. Agora faltam 88…

O que me deixa mais louca é que não sei quem está ligando! Pior ainda, estão ligando para o meu celular, que uso para trabalho e claro emergências. Não sei se querem me vender algo, oferecer um serviço inútil ou roubar minhas informações pessoais. Reclamar de quem??!! Que tipo de “marketing” é esse? Coisa nova que os MBAs estão ensinando?

Com uma rápida pesquisa online, descobri que não sou a única reclamando de ligações fantasmas e repetidas e nem a única reclamando do prefixo 96010. Segundo testemunhos de consumidores no site Reclame Aqui,  o número 6010-5000 (sistema PABX) pertence à empresa Datora Telecom.

Screen Shot 2015-03-25 at 11.12.25 AMA empresa respondeu o seguinte:

Screen Shot 2015-03-25 at 11.09.53 AM

Screen Shot 2015-03-25 at 11.10.33 AM

Diante da  declaração da própria Datora, a minha pergunta é:

Cadê a Anatel para regular e controlar o uso das linhas telefônicas disponibilizadas por ela mesma, já que esta é a sua função?

Outra curiosidade: depois de um puxão de orelha a empresa fantasma vai parar de me ligar e encher o saco, mas vai começar a incomodar outro usuário e assim por diante. Até quando? Não há punição? E nós, consumidores, teremos que lidar com o descaso de todos até quando?

Compartilhe

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com