O macaco que pula de galho em galho pensa que ganha tempo. Que nada. Essa inconstância cotidiana só o faz roubar tempo de si mesmo. Não roubar nada de si nem do outro também faz parte da prática “yóguica”.  Ela, como a vida, tem seus critérios, entre eles a assimilação do tempo. Quando adentramos a sala de yoga eContinue lendo

0
Compartilhe

Quando decidimos mudar algo em nós mesmos, “cremos” só poder fazer tal mudança se tivermos todos os apetrechos. Para praticar Yoga, a única coisa necessária é a sua presença (estar prestando atenção no que faz) e sua respiração. Não vou mentir nem omitir quanto à prática de Yoga. Ela pode ser dada para qualquer pessoa,Continue lendo

0
Compartilhe