Segunda-feira, sua linda? Na coluna literária de hoje, a esperança renovada a cada semana que se inicia.

 Segunda-feira
-Elza Cléa-

Segunda-feira é o dia da esperança. Não há outro que lhe ultrapasse nesse quesito; não há dia da semana mais cheio dela.

Na verdade, o começo da espera pela segunda-feira se dá na infindável noite de domingo. Cá prá nós – final de noite de domingo pede uma segunda-feira. Tanto o que fazer amanhã… e hoje esse vazio. Chega de domingo! A cabeça fervilha, planos de montão. Esse pedaço final do dia, sem graça hoje, teria a maior graça na segunda-feira. Bem que podia, por que não? Um pouco de domingo na segunda … Hu lá- lá!!! Acordar de um prá lá de prolongado sono no meio da segunda-feira…. Já pensou? Que beleza!

É…. seria… mas… Chegou a segunda. E com ela o despertador implicante disposto a retaliar a esperança.

Ai-ai-ai! Onde foi parar aquele pedaço de domingo que sobrou de ontem? Porque não foi possível guardá-lo? Cairia super bem agora.

O desencanto aproveita e tenta se aproximar. A esperança reage. Lá vem ela mais animada ainda: Oba! O bom é que é segunda-feira. Vale a pena acordar. Que frisson, uuii!! Que movimento; que azáfama; que animação a segunda-feira traz. Vamos lá! (ela diz). Anime-se! É hora de cumprir todo o prometido no excesso da véspera. Realizar hoje tudo o que planejei fazer? Quanta satisfação!!!

Os calendários tentam nos convencer que o domingo é o primeiro dia da semana, mas ele na verdade tem cara de último. A segunda, sim, tem cara de começo, cheia de promessas: Hoje eu posso…

Começar a dieta. Marcar médicos, exames tão adiados por tantas segundas-feiras: yoga, musculação, Pilates…. Hoje eu começo, certeza absoluta. Resolver aquela situação pendente, difícil de encarar, já pendurada há algumas semanas? Vamos lá! Terminar aquela relação que encheu o saco no fim de semana. Fazer aquela declaração de amor que sufocou o peito no vazio do domingo. Na semana passada faltou coragem, mas nessa 2ª feira ela sai!

A segunda-feira se enche, então, de animação. Vale a pena pular da cama.

E, vencidas a resmungação e a preguiça da manhã, a segunda parte do dia é cheia de atividade. Engrenou! É a fatia da segunda-feira carregada de fôlego e realização; alguns dos planos acontecem. A hora é também de planejar os demais dias da semana. Tome cuidado! Verifique se desse plano só constam coisas possíveis, pois na segunda-feira às vezes a esperança se excede.

Final do dia, que frustração! É, hoje não deu p’rá tudo. A esperança se abala um pouco, mas rapidamente se refaz. Na próxima segunda…. Na próxima segunda, aí sim, é certo! Vamos tratando de renovar os votos e promessas para a próxima. Agora só na segunda que vem? Não, ainda tem muito resto de semana. Ufa! Que alívio!

A alegria da segunda-feira é que nela todas as possibilidades estão vivas. Só no decorrer dos outros dias algumas desistem de viver.

 

Compartilhe

2 comentários em “Segunda-feira, sua linda? Na coluna literária de hoje, a esperança renovada a cada semana que se inicia.

  1. Tamine Maria
    05/10/2015 at 23:16

    Elza Cléa, lendo sua crônica as 23h de segunda feira, identifiquei a esperança acordando comigo! Obrigada por reabilitar a segunda feira que, de cinzenta, tornou-se cheia de sol, vivacidade e alegria!

    • Ana Paula Macedo
      07/10/2015 at 10:06

      Obrigada, Tamine!
      Bjs

Deixe um comentário

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com