FLOR Atlântica: festa livre ornamental do Rio

Hoje fizemos um programinha super bacana; fomos visitar a FLOR Atlântica (Festa Livre Ornamental do Rio) que movimentou por uma semana o distrito de Sacra Família e a cidade de Vassouras, na Região do Vale do Café, no interior do Rio de janeiro. Como hoje era o último dia, nos concentramos na programação de Sacra Família, onde a feira flor estava acontecendo. IMG_3064

A feira foi em um local deslumbrante chamado Uaná Etê, um jardim de eventos rodeado pela mata atlântica. Para sediar os eventos, Uaná Etê oferece um espaço coberto, Paço (com capacidade para 300 pessoas), jardins, deques, trilhas, lagos e uma piscina. Tem ainda um charmoso sobrado, Solar, com cinco quartos que acomoda até 18 pessoas.

IMG_3065A programação da feira explorou todos os lugares da casa de eventos, ou melhor, do jardim de eventos. Os organizadores montaram uma exposição do fotógrafo e ambientalista Luiz Claudio Marigo, morto em 2014, na parte mais alta do local, no meio de um bosque de eucaliptos centenários.

Para chegar até lá uma van foi colocada à disposição dos visitantes, nos levando em um passeio que por si só já valia a pena. No caminho áreas e mais áreas de reflorestamento onde mudas de árvores típicas da mata atlântica estão sendo plantadas. A cada curva um novo mirante e uma nova visão das montanhas que cercam a área.

Na volta, fomos direto para o Paço participar do bate-papo com o escritor Ruy Castro. Ele foi convidado para falar sobre ‘Tom Jobim e as Plantas‘. Gostoso demais ouvir aquelas histórias todas em confortáveis poltronas, cercados por tanta natureza, em meio a arranjos florais belíssimos e saboreando uma taça de espumante, porque ninguém é de ferro.  IMG_3078

IMG_3083

Como já eram quase quatro da tarde e não havíamos almoçado ainda – nosso café da manhã de domingo costuma ser tarde e um pouco mais farto – fomos para o bistrô. Pedimos o nhoque de abóbora com carne de sol desfiada, servido com flor gourmet. Gente que prato lindo e de-li-ci-o-so!!

Por um momento lembrei do episódio da noite anterior do reality ‘Hell’s Kitchen’. O chefe perguntou ao competidor se aquilo era um prato ou despacho de macumba por causa do péssimo aspecto do frango. Acho que o chefe ficaria satisfeito em ver a apresentação e provar o sabor do nosso prato.

Saímos de lá encantados com o que vimos, ouvimos, saboreamos e sentimos. Um domingo que festejou a beleza das flores e da natureza, através da arte e do conhecimento.

IMG_3085

Caso queira saber mais sobre o primeiro FLOR Atlântica, clique aqui.
Para saber mais sobre o Uaná Etê, clique aqui e sobre a Região do Vale do Café, clique aqui.

 

Compartilhe

Deixe um comentário

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com